Delegacia da Mulher em parceria com Facimed, vai oferecer suporte psicológico a vítimas de violência

Delegacia da Mulher em parceria com Facimed, vai oferecer suporte psicológico a vítimas de violência

O projeto Acolher irá ajudar no encaminhamento das mulheres que sofreram violência doméstica, para a rede de assistência

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Cacoal (DEAM) em parceria com o curso de Psicologia da Faculdade de Ciências Biomédicas (Facimed), realizou a abertura do “Projeto Acolher”, que irá oferecer acolhimento e suporte psicológicos para mulheres que sofreram violência doméstica e procuraram a delegacia. A abertura aconteceu na DEAM, com um café da manhã alusivo ao “Dia Internacional da Mulher”.

De acordo com a delegada Fabiana May Brandani o “Projeto Acolher” o ajudará no encaminhamento das mulheres para a rede de assistência. A delegada conta que o número de mulheres que sofrerem violência doméstica tem aumentado na cidade. “ O aumento é devido ao esclarecimento da Lei Maria da Penha, então, mais mulheres têm procurado ajuda e o outro fator é o machismo, que infelizmente ainda impera”, explicou.

Segundo a Coordenadora do curso de Psicologia, Leila Gracieli, a iniciativa do projeto é acolher, emponderar e direcionar as mulheres que chegam até a delegacia em uma situação de vulnerabilidade. “ O acolher é a porta de entrada das mulheres vítimas de violência na rede. É um passo muito importante na proteção dos direitos das mulheres como um todo”, afirmou.

Os atendimentos serão realizados em uma sala da delegacia, às segundas e sextas-feiras. O trabalho de atendimento psicológico, será feito por acadêmicas que estão concluindo o curso e duas psicólogas egressas da Facimed.