Login

Senha

ISSN 1982-5285
Localizar artigo

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS ÓBITOS POR INFARTO AGUDO DO MIOCÁRDIO EM CACOAL – RO, NO PERÍODO DE 2007 A 2016

SANTOS, Vanessa Almeida; FERLE, Gabriela Moreira; NÓIA, Ivanir Karina; GIMENEZ, Gizeli Silva

O Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) é a principal causa de mortalidade entre as doenças crônicas não transmissíveis no Brasil. O objetivo deste trabalho é descrever o perfil epidemiológico dos óbitos por IAM em Cacoal – RO, no período de 2007 a 2016, avaliando distribuição por idade, gênero, comorbidades e local de ocorrência do óbito. Em estudo descritivo, transversal e de dados secundários, foram incluídos 272 casos de óbito por IAM registrados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). Os anos com maior incidência foram 2012, 2014 e 2015 e, por outro lado, o de menor incidência foi 2010. Em geral, a faixa etária mais acometida foi a de mais de 60 anos (64,3%). Houve predomínio do sexo masculino, com 65,4%, tendo idade média de 64 anos, em comparação ao sexo feminino, com 68 anos. A comorbidade mais associada aos óbitos analisados foi a hipertensão essencial primária (43,0%); já o diabetes melito foi encontrado em apenas 2,9%. O local de ocorrência do óbito não foi informado na maioria dos casos, apesar disso, constatou-se que 37,5% dos óbitos ocorreram em algum estabelecimento de saúde. Concluise que pior prognóstico do IAM em Cacoal-RO relaciona-se aos homens, com idade mais avançada, e portadores de hipertensão arterial, semelhante ao observado em outras regiões do país. Além disso, constatou-se insuficiente preenchimento das declarações de óbito, o que representa um fator limitante para o estudo, principalmente para a análise das comorbidades associadas, raça e local de ocorrência do óbito, assim como a prestação de assistência hospitalar.

Ler artigo na íntegra Aqui.

Voltar


FACIMED - Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal
Cacoal - RO
Fones/Fax: (69) 3441-1950